Fiz Um Ensaio De Comida De Morder

Comida de gestante em casa sozinha Como crescer seu instagram de milhões de pessoas

Tal descrição do mecanismo do cálculo de preço, naturalmente, mais equilibra-se, do que isto os economistas da escola austríaca deram. Contudo, não pode solicitar a reflexão ativa do processo do cálculo de preço nas condições do capitalismo, concorrência livre. Em primeiro lugar, porque nele não há sinais do mercado capitalista, contradições peculiares para ele. Substituíram-se por um sterialny, a extra imagem histórica da interação de forças de mercado.

A transição universal de economistas burgueses a um modo de estudar de proporções funcionais entre eventos econômicos começou com as reformas de Cambridge. Confiando neste princípio, A. Marshall tentou dar a teorias de guinada a orientação prática, enchendo-o do desenvolvimento econômico e matemático de problemas específicos do mercado.

O conceito de preços da produção que se propõe pela escola de Cambridge não se aceitará com a realidade. No fim de tudo é óbvio que as emoções negativas ou a abstenção em si mesmo não têm força criativa, não pode ser uma fonte um produto, rendimento. O juízo de valor do funcionário e capitalista monetário não é obviamente commensurable. Não podem trazer-se abaixo de um denominador comum na forma de preços da produção.

Os teoristas da escola de Cambridge viram a soma do rendimento que vem a proprietários de certos fatores da produção em preços de limite. Aqui incluído um salário, por cento no capital monetário e o rendimento de empresa.

O rendimento de empresa decaiu em duas partes. Pelo primeiro considerou-se como a compensação de custos de mão-de-obra do homem de negócios na gestão de produção (aqui os raciocínios foram na construção também, bem como em um caso com o funcionário racional), e o segundo atuou na forma do pagamento pelo risco unido com o trabalho no mercado desconhecido.

É necessário olhar para o desenvolvimento da escola de Cambridge de dois partidos. Se ver neles uma explicação do mecanismo interno do cálculo de preço abaixo do capitalismo, lá é claro um número de defeitos básicos, o torcimento da realidade. Aqui o seu aspecto ideológico mostra-se. Mas é possível aproximar estas pesquisas e de outro ponto de vista, tendo prestado atenção que a sua parte que trata os problemas específicos que surgem nos mercados de mercadorias. Aqui é possível encontrar os momentos realistas, encontrar os resultados científicos que têm valor prático.

Quando é sobre uma perspectiva de longo prazo, o papel dos passos de força de cálculo de preço principais à oferta e os preços monetários relacionados da produção. O período do tempo analisado, o mais forte eles a interação em comparação com a influência de exigência é mais longa. Segundo A. Marshall, a razão compõe-se em que produção define o movimento de exigências que então atuam na forma de limite poleznost e exigência.